Pesquisar

Em Destaque

ATRAÇÕES DOS FESTEJOS DE SÃO GONÇALO 2018 EM MANSIDÃO.

Dentre as atrações públicas, destacam-se Parangolé   e Chiclete com Banana. Temos ainda os Blocos particulares. Veja abaixo:

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS POR E-MAIL

MAIS VISITADAS

sexta-feira, 13 de julho de 2018

ATRAÇÕES DOS FESTEJOS DE SÃO GONÇALO 2018 EM MANSIDÃO.


Dentre as atrações públicas, destacam-se Parangolé  e Chiclete com Banana.
Temos ainda os Blocos particulares.
Veja abaixo:
22/07 - Color festival 2.0 - Dj Luciano Araújo e Dj Lucas Ferráz
24/07 - Anjo Azul - Felipão e Banda
25/07 - Bloco da Luxúria - Vinny Nogueira  - Felipão e Banda - DJ Luciano - DJ Rafa Cos
26/07 - O Grande Encontro - Licurgo e Vailson e Santana - Participação de Felipão e Banda
26
/07 - Roberto e Banda - DJ Luciano - Jheckson e Wellington
27/07 - Bloco da Latinha - Banda La Furia
28/07 - Parangolé e Real Som
29/07 - Chiclete com Banana

Entre os dias 20 e 29 de julho os Fiéis Católicos vivenciam as Novenas de São Gonçalo.

click aqui para ver a programação religiosa

Editorial: Danilo Dias

Os Festejos de São Gonçalo tem algumas características peculiares e tradicionais, no momento em que vive a tradicional Festa Religiosa da Igreja Católica versus a Festa Profana. Essa situação é familiar há muitas cidades da região, outras não mais, porque perceberam o valor econômico que tais festas apresentam.

Tais características trazem prejuízos para os dois lados. Tanto a igreja como os foliões se sentem incomodados com a duplicidade. Temos como exemplo os Blocos Particulares que tem que se adaptar aos horários das Missas. Neste contexto, é comum vermos
fiéis assistindo à missa com vestimentas de bloco. Por outro lado, os donos de bares, Botecos e carros de som, tem que seguir a lei do silêncio imposta pelas autoridades durante as atividades religiosas (procissão, missas e etc.).

Os Festejos são para muitos, uma oportunidade de ganhar seu dinheiro de forma honesta, desde o vendedor de espetinho ate o produtor dos blocos. Neste contexto, todos ganham. Mas, será se os festejos tivessem sido pensados em uma vertente econômica, otimizado para favorecer e recompensar  de outra maneira a população pelo dinheiro investido pelo poder público, tudo isso não seria melhor aproveitado? 

Mansidão de certa forma não se atualizou nesse sentido, ainda temos, por exemplo, um festejo com dia fixo. Isso claramente prejudica a economia da Cidade. Quando por exemplo, a festa do dia 28 ou 29 cai em meio de semana, (comumente isso acontece) o festejo não atinge seu verdadeiro potencial, uma vez que o público da cidade vizinha não comparece maciçamente.

Temos exemplos exitosos na Região oeste, como é o caso de Buritirama. Primeiro porque, separou a festa da igreja com a festa profana, segundo porque, a Micarama não tem dia fixo para acontecer, dando ao Poder Público a possibilidade de programar as festividades às necessidades.

Então, a duplicidade dos festejos, favorece ou atrapalha economicamente a população? Comente.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Mansidão Blog. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Mansidão Blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS